Como o Matrimônio é um sacramento, se ele já existia antes de Cristo? - Padre Paulo Ricardo

domingo, 14 de setembro de 2014

5ª Campanha Nacional de Consagrações à Virgem Maria

“Por Maria Jesus Cristo vem a nós, e por Ela devemos ir a Ele.” (São Luís Maria Grignion de Montfort)




“A leitura deste livro (“Tratado”) marcou em minha vida uma transformação decisiva… antes me mostrava reservado, com medo de que a devoção a Maria pudesse deixar Cristo na sombra, em vez de lhe dar prioridade…entendi agora, à luz do Tratado de Grignion de Montfort, que a realidade é totalmente diferente.” (São João Paulo II, no livro “Não tenham medo”)

Desde 2010, iniciamos uma série de Campanhas Nacionais de Consagrações à nossa Mãe Santíssima, pelo método que São Luís Maria Grignion de Montfort nos ensina em seu maravilhoso “Tratado da Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem”. Os frutos foram uma grande popularização do “Tratado” entre os católicos do Brasil e dezenas de milhares de pessoas consagrando-se à Virgem, número sempre crescente. 

Temos a alegria, neste ano de 2014, de realizar a nossa 5ª Campanha Nacional de Consagrações à Virgem Maria, a primeira campanha após a canonização de São João Paulo II. Ele que teve o “Tratado” como o seu livro de cabeceira e o lema “Totus Tuus” (“Todo Teu”, Todo de Maria), e que tão bem viveu e testemunhou a consagração é o nosso grande intecessor nesse apostolado. São João Paulo II diz que a consagração é uma devoção cristocêntrica, pois “por Maria, vamos à Jesus.” 
Como Igreja, queremos caminhar juntos nesta corrente de graças, pois assim como São João Paulo II, no Grande Jubileu do Ano 2000, consagrou o 3º Milênio à Nossa Senhora, também o Papa Francisco, no dia 13 de Outubro de 2013, consagrou o mundo ao Imaculado Coração de Maria. Agora, cabe a cada um de nós tomar posse, pessoalmente, dessa Consagração e consagrar-se à Virgem Maria.
Por isso, multiplicam-se os encontros “Consagra-te”, bem como os grupos de preparação para consagração, em muitas cidades do Brasil.

A Campanha

 

Convidamos todos os católicos a se unirem conosco nesta campanha, fazendo também a sua consagração total pelo método de São Luís Maria Grignion de Montfort ou sua renovação, no dia 12 de dezembro de 2014, sexta-feira (Festa de Nossa Senhora de Guadalupe, Padroeira da América Latina); ou, por razões locais, em outra data próxima.

Foi em suas aparições de Guadalupe (México), no ano de 1531, que a Mãe Santíssima falou ao índio São Juan Diego e a nós:

“Não estou Eu aqui, a tua Mãe? Não estás sob Minha Sombra e Minha Proteção? Não sou eu a fonte de tua alegria? Não estás porventura em Meu Regaço? Tens necessidade de alguma outra coisa? Que nenhuma outra coisa te aflija, nem te perturbe.”

Unimo-nos nesta Campanha aos demais países da América Latina, continente herdeiro das promessas da Virgem Maria em Guadalupe. Unimo-nos também especialmente aos demais países de língua portuguesa e de língua espanhola, alguns dos quais relacionamos em nossa lista de contatos.
A preparação e a Consagração poderão ser feitas em qualquer lugar, já que é um ato interior e espiritual. Porém, São Luís recomenda que se faça a Consagração durante a Santa Missa. É um ato significativo a Consagração ser feita de forma pública e comunitária.
São Luís recomenda que se faça 30 dias de preparação, com algumas orações simples, que poderão ser feitas individualmente ou em grupo, a começar no dia 12 de Novembro de 2014 ou 30 dias antes da data da Consagração. As orações são indicadas no próprio “Tratado” (n. 227, 233), e indicamos também abaixo em nosso “Material de Apoio”.

Leitura do livro

 

De forma geral, recomendamos que não se consagre e nem mesmo que se inicie os 30 dias de preparação sem a leitura completa do “Tratado”, pois como poderá preparar-se bem para a Consagração, sem conhecê-la?
Temos abaixo, em nosso “Material do Apoio”, o “Tratado”, em versão PDF, impressa ou em áudio.

Grupos de Preparação: como organizar?

 

Recomendamos que aqueles que puderem participem de um grupo de preparação para a Consagração, que se reúnam para estudar o “Tratado” e rezarem juntos.
O grupo poderá ser formado espontaneamente, por iniciativa de pessoas que desejam se consagrar ou pessoas que já se consagraram e desejam ajudar a preparar outras para a Consagração (é importante a participação dos que já se consagraram no grupo, pelo seu testemunho a ser partilhado).
Temos Representantes que estão à frente da nossa Campanha em várias cidades do Brasil e demais países relacionados abaixo, e poderão ir formando Grupos de preparação na medida em que forem procurados para isso. Os contatos dos nossos representantes podem ser encontrados ao final desta postagem.

Em relação à formação dos grupos, algumas sugestões:

  • É importante que participem deste grupo somente pessoas que já tenham uma fé católica e uma busca de vivência cristã, caso contrário, o grupo poderá se tornar um local de debate e se afastar do seu objetivo, atrapalhando as pessoas que querem se Consagrar (é claro que este diálogo é importante, mas há outros locais para isso).
  • Aqui não importa o número e sim aqueles que a Virgem enviar. Três pessoas já é um grupo!
  • A frequência dos encontros do grupo poderá ser feita conforme a disponibilidade: semanal ou quinzenal. Como o nosso tempo é relativamente curto, sugerimos que durante o mês de Setembro, organizem-se os grupos. Para que na primeira semana de Outubro iniciem-se encontros semanais, para no dia 12 de Novembro iniciarmos as orações de preparação.
  • O local da reunião poderá ser em residências ou, na medida do possível, em paróquias, comunidades, seminários, casas religiosas, etc.
  • O encontro poderá iniciar com a Oração do Santo Terço, seguida de um estudo de um ou mais capítulos do Tratado.
  • Conforme o tempo disponível e o número de encontros, pode-se dividir para que em cada encontro se estude um ou mais capítulos do Tratado (o livro tem 8 capítulos, mais a Introdução).
  • Há várias opções para a organização dos encontros:
    • a. Em forma de palestras, com pessoas preparadas para isso (principalmente nos grupos maiores).
    • b. Em forma de partilhas (principalmente nos grupos menores), onde todos possam ler antes do encontro o(s) capítulo(s) estudado(s), e em cada encontro algumas pessoas do grupo fiquem responsáveis em conduzir um momento partilha, comentando sobre os pontos que mais lhe chamaram atenção, e oportunizando que todos do grupo comentem também. O fato de pessoas diferentes ficarem responsáveis pela condução propicia mais a participação e envolvimento de todos, e incentiva a própria leitura do Tratado.
    • c. Em forma da apresentação de vídeos, com as 4 aulas do Pe. Paulo Ricardo, explicando o Tratado parte por parte, que podem ser assistidas via internet (ver abaixo, em nosso material de apoio) ou adquiridas em DVD.
  • No dia 12 de Dezembro de 2014 ou data próxima, a Consagração poderá ser feita em grupo (com ou sem Santa Missa).

Consagração dos jovens

 

Com a recente canonização de São João Paulo II e a preocupação que o Papa Francisco tem mostrado pelos jovens, nosso olhar se volta especialmente para eles. Foi inspiração de São João Paulo II a “Teologia do Corpo” e a “Jornada Mundial da Juventude”, levando pelo mundo a cruz e o ícone da Virgem Maria.

Vamos por isso, de uma maneira especial neste momento histórico que vive a juventude católica no Brasil, nos esforçar especialmente para que a Consagração seja conhecida e vivida pelos jovens.
Empenhemo-nos também tendo em vista que a Consagração, enquanto meio para renovação e vivência plena do nosso Batismo, possa suscitar santas e numerosas vocações ao Sacerdócio, à Vida Consagrada, à Vida Missionária e famílias santas que possam gerar filhos santos para Deus!
É a Virgem Maria Quem gera o Cristo em nós, e por isso Ela é também a Mãe das Vocações.

Consagração das Crianças

 

Incentivamos que os pais formem também seus filhos para se consagrarem totalmente a Virgem Maria, e que se façam grupos para a preparação das crianças para a Consagração, pois, se a Santíssima Virgem pode purificar nossas obras, oferecê-las a Deus (como fala no “Tratado”, n. 146-150), e com isso muitos se salvarem pela entrega, oração e penitência de uma pessoa, mesmo sendo nós tão pecadores, o que Ela não poderá fazer com a pureza da Consagração de uma criança?
Lembrando que em Fátima (Portugal, 1917), Lourdes (França, 1858), La Salette (França, 1846) e outros lugares, a Virgem apareceu para crianças!
A preparação das crianças, é claro, se dá por um material especial preparado para elas, que é o livro “Crianças na Escola do Imaculado Coração”, podendo ser adquirido abaixo.

Material de Apoio

 

Perguntas e respostas sobre a Consagração Total

As dúvidas que ainda restarem poderão ser respondidas também por este e-mail:  duvidas@consagrate.com

Representantes da Campanha no Brasil e outros países

 

Dispomos aqui os contatos das pessoas que estão à frente das nossas Campanhas em várias cidades do Brasil e exterior; essas pessoas poderão ir formando os Grupos de Preparação, na medida em que forem procuradas para isso pelos que desejarem. Temos também o nosso grupo e nossa página no  Facebook.

Contato dos responsáveis por região:  http://consagrate.com/representantes/

Divulgação desta postagem

Pedimos que esta postagem seja divulgada nos diversos sites e blogs católicos, bem como listas de e-mails, Facebook, Twitter, Whatsapp e assim por diante… para formarmos uma grande rede de Consagração à Santíssima Virgem!

Importante – Envio dos dados

 

 Os que desejam participar da nossa Campanha, fazendo a Consagração ou sua Renovação, deverão se cadastrar clicando no link abaixo: http://buff.ly/1tHsvzu


Formação de Afetividade

Otimas pregações em uma formação sobre Afetividade com Emmir Nogueira da comunidade Shalon. Clique e confira